A famosa crítica de Hungria ao finalismo de Welzel



A famosa crítica de Hungria ao finalismo de Welzel

“Como tôda a vez que a Europa acende fogo, a América Latina há de emitir fumaça, é escusado dizer que já chegou até o Brasil a teoria finalista, tendo havido mesmo quem dissesse dela que é a solução definitiva de fundamentais problemas até hoje insolúveis do tecnicismo jurídico. Antes de tudo, os nossos pressurosos e impenitentes pregoeiros de novidades esquecem que as premissas da teoria finalista assentam, quase exclusivamente, em critérios de solução adotados pelo vetusto Código Penal alemão, sem correspondência alguma em nossa lei penal vigente.”

Nelson Hungria

Assim consta do famoso texto de Nelson Hungria ao finalismo de Hans Welzel.
Referida crítica foi publicada em 1967, na Revista de Direito do Ministério Público do antigo Estado da Guanabara.
Baixe aqui e leia as fortes palavras de um dos maiores penalistas brasileiros.

Por: Jimmy Deyglisson


Sem comentários

    Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *